Projeto 365 dias: dia 22 – Encontro com as amigas

Uma grande amiga está prestes a realizar o sonho de botar o pé na estrada, com destino não muito definido. No processo, está se desfazendo da maior parte de seus bens materiais. Ontem nos reunimos – eu e outras amigas amadas – na casa da Mô para fazer comprinhas no bazar e, assim, participar do projeto Help Mô TO GO!

Naturalmente, qualquer ocasião em que nos reunimos já é uma festa. E amigas queridas merecem mais que uma simples festa de despedida, então faremos várias. 🙂

IMG_2622
Lots of love!

Anúncios

Projeto 365 dias: dia 11 – Parque Estadual Vila Velha

O programa desse domingo foi um piquenique e trilha num lugar que não visitava havia muitos anos: o Parque Estadual Vila Velha, em Ponta Grossa-PR, na companhia do marido, amigos e minha mãe. ❤

Devido a uma forte dor de cabeça, hoje vou deixar esse post só com algumas fotos do delicioso passeio, e amanhã escrevo a respeito. 🙂

DCIM100GOPROG0010653.

2015/01/img_2272.jpg

2015/01/img_2273.jpg

2015/01/img_2275.jpg

2015/01/img_2274.jpg

2015/01/img_2276.jpg

Projeto 365 dias: dia 08 – Visita a pessoas que amo!

Hoje foi dia de visitar minha afilhada Laura e seus pais, meus queridos amigos e compadres Su e Carlos. Pizza e conversa boa: receita perfeita para uma quinta-feira feliz!

Esqueci de tirar uma foto enquanto estava lá, mas ao voltar a casa fotografei o presentinho fofo que ganhei da Laura, feito por ela mesma: uma gatinha de biscuit, inspirada na Samantha!

Vejam a obra de arte junto à modelo que a inspirou:

2015/01/img_1952.jpg

E a mini-Samantha ganhou um lugar junto aos gatos mexicanos na estante:

2015/01/img_1954.jpg

Muitos momentos da vida são especiais por causa das pessoas que fazem parte deles. Que possamos sempre preservar os laços com quem nos faz bem! ❤️

Projeto 365 dias: dia 03 – almoço no Box Curitiba e mais amigos em casa

O Mercado Municipal de Curitiba possui uma praça de alimentação com opções para todos os gostos e bolsos, de pastel a lagosta. Hoje a pedida foi o Box Curitiba, que oferece massas preparadas na hora e também algumas opções de saladas. Os ingredientes são frescos e a preparo é diante do freguês. Chegue cedo para evitar as filas gigantescas.

IMG_1801
Risoto de camarão ao molho sugo
IMG_1802
Box Curitiba – Mercado Municipal
IMG_1803
Box Curitiba – Mercado Municipal
IMG_1804
Escolha entre massa (espaguete, penne ou talharine), risoto, nhoque ou ravioli, acompanhado de um dos molhos.

Hoje também foi dia de receber amigos em casa! Que coisa boa! Está aberta a temporada de visitas, todos são bem-vindos!

DCIM100GOPROG0040499.

DCIM100GOPROG0030491.

IMG_1809
Acabou o álcool.

Projeto 365 dias: dia 02 – Um projeto DIY e uma visita especial

Uma coisa que adoro fazer é restaurar objetos, reciclar, transformar. Quando o resultado fica bom, a satisfação é em dobro: fico feliz por ter evitado que algo virasse lixo ou entulho, e ainda posso contar para todo mundo: “fui eu que fiz”. 😀

Hoje concluí um projeto DIY (do it yourself, ou, em português, faça você mesmo) que iniciei há alguns dias. Bem na verdade, tudo começou há vários meses, quando, ao sair de um posto de gasolina, vi uma porta de armário jogada fora, e fiz o meu gentil e paciente marido parar e me ajudar a colocar no carro para levar para casa.

Minha ideia inicial era transformá-la numa cabeceira para a cama. Porém, por ser de madeira maciça, ela é muito pesada, e seria difícil fixá-la, suspensa na parede. E, pouco tempo depois, decidimos nos mudar, então a tal porta ficou encostada na área de serviço, enquanto procurávamos o apartamento que iríamos alugar.

Na mudança, contrariando as esperanças do marido, trouxe a porta junto. Já aqui no apartamento, tive a ideia de fazer com ela uma chapeleira. Comecei removendo as dobradiças e vidros, limpei, lixei e pintei com tinta spray na cor branca. E ficou péssimo. Não somente porque errei a mão na pintura e deixei alguns defeitos, mas porque aquela porta branca na parede branca realmente não ficou legal. Ela passou mais uns meses encostada na área de serviço, sendo escalada pela minha gata Samantha, que deixou várias marcas de patinhas ao longo da estrutura.

Um dia, finalmente, tive a ideia de revesti-la de tecido. Comprei uma chita bem colorida e barata. Comprei também 4 ganchos e 4 puxadores de gaveta, daqueles de porcelana, para figurarem também como ganchos. Revesti ainda uma pequena prateleira que eu já tinha, para ficar no topo da chapeleira e colocar vasinhos de plantas.

Nos últimos dias, com a porta já inteira revestida, meu marido me ensinou a usar a furadeira e outras ferramentas para fixar os ganchos e a prateleira, o que foi bem divertido. Hoje, finalmente, terminei minha obra, e fiquei super feliz com o resultado! Veja o antes e depois:

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/8e7/68518295/files/2015/01/img_1793-0.jpg

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/8e7/68518295/files/2015/01/img_1794-0.jpg

Na parede atrás do primeiro vão, fixei esses espelhinhos provençais que, desde a mudança, estavam encaixotados, esperando eu encontrar o lugar ideal para eles.

 

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/8e7/68518295/files/2015/01/img_1795-0.jpg

Depois do sucesso do projeto da chapeleira, ajeitei a casa para receber uma amiga querida.

sala de jantar

10395165_10153001184524940_6690444732082990323_n

E assim foi o #dia02 do Projeto 365 dias. 🙂